E o projeto CAPAZ continua com toda força e alegria pela cidade de Santos e São Vicente

E o projeto CAPAZ continua com toda força e alegria pela cidade de Santos e São Vicente.

Na vila Margarida, na escola Pinho, falamos sobre Resiliência. Os alunos, como sempre, muito receptivos nas dinâmicas ao ponto de desejarem participar, mesmo estando doente. É claro que após partilhar disso, nosso voluntário, Dinho,  logo fez a pergunta: -Você crê que Jesus pode te curar?   A resposta:  positiva. O voluntário orou por ele e continuaram a ministração. Houve partilha de problemas familiares e pudemos ali, orientá-los baseados nos princípios e valores da palavra de Deus.  Uma das jovens que participou do concurso Cartas para Deus, retornou às suas atividades na igreja, participou do nosso treinamento e agora pretende nos auxiliar no projeto.

A galera do Maria Tereza, no Catiapoã, abordou o mesmo tema: – Nós tivemos a oportunidade de debater no intervalo aquilo que foi trabalhado em sala de aula com os alunos. Foi um tempo muito bom, relata Rodrigo.

Na escola Armando, no Joquéi, falamos  sobre Escolhas. Um jovem nos procurou para agradecer, pois nos visitou em uma das igrejas dos voluntários e aceitou a Jesus , e estava muito grato pela atenção que vem recebendo da equipe. No período noturno, dessa mesma escola,  falamos sobre perseverança. Uma das alunas nos procurou para partilhar algumas questões emocionais que tem passado, as voluntarias  puderam aconselhar e orar por ela. Seguimos crendo que Deus está fazendo algo lindo naquele lugar.

Na escola Chico Meira, Radio Clube – Santos,  falamos sobre generosidade. -Foi algo muito top! Os alunos mega participaram, teve um aluno que comprou 2 salgadinhos e compartilhou com a galera no intervalo dizendo estar colocando em pratica o que aprendeu na aula, conta Bia. A equipe tem recebido muitos elogios dos professores. A cada quarta eles estão participando mais, interagindo mais.Tivemos um tempo precioso com os alunos no intervalo também, onde conversamos com eles, jogamos xadrez e ping pong, sempre cumprindo o plano inicial do projeto, focar no relacionamento com os alunos. Nessa o trabalho iniciou a pouco,  mas sentimos que estamos em casa.

Foi uma semana intensa, e nos despedimos na certeza de que Deus está sendo muito gracioso em nos permitir ver Ele agindo. Continuemos a semear a esperança, certos que colheremos os frutos ainda nessa geração. Ore por nós! Grandes são os desafios, porém maiores são as vitórias que Deus nos proporcionará.

 

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *